Aula de Au Pair 2

Archive for janeiro 2013

Tenho certeza que na hora que você tava fazendo seu application, assinalou que se sente confortável em dirigir na neve, mesmo sem nunca ter dirigido. Eu também.

Não dá para imaginar como é realmente estar na neve. A primeira vez que você acorda e vê tudo branquinho é maravilhoso, depois você vem que é cansativo, escorregadio, divertido, e outras coisas mais. Mas e para dirigir?

Eu bati o carro. No poste. Fui dirigir às 5 da manhã e o carro dormiu fora da garagem (porque a garagem tava lotada de coisas, como é típico dos americanos) e eis que tinha gelo formado no meu para-brisa! E eu não tava enxergando e bati na curva. Não faça isso! Quando for chegando o frio, lá por novembro (depende de onde você estiver), já vá pesquisando como se virar quando a neve chegar.

Tenha no carro uma toalha e uma pá. Tenha na bolsa um spray. Ãhn, Paula?

Bom, a toalha você vai precisar várias vezes que estiver dirigindo à noite. É só eu parar para comprar alguma coisa que quando eu volto, o carro tá todo molhado, embaçado. Na primeira vez que isso aconteceu e eu não estava preparada, tive que usar minha bolsa para secar o carro, senão eu não iria enxergar nada!

Pode formar gelinho se demorar horas, e por isso eu tenho muitas garrafas d’água no carro, caso eu precise descongelá-lo. Mas em geral, você só tem que ligar o carro por alguns minutos para esquentá-lo e fazer o gelo derreter.

Um dia, eu fui dirigir e o carro não abriu a porta, porque tava congelado, grudado. E é aí que vem o spray. Tem um spray que você aplica no buraco da chave e faz o carro abrir. Eu não sei exatamente como funciona, porque eu nunca mais deixei o carro tanto tempo lá fora na neve a ponto de ter que usar o spray que minha host me deu. Peça esse spray para seus hosts. Aliás, nesse dia que meu carro congelou, eu joguei água em temperatura ambiente para descongelar a porta. Vê se não joga água quente no seu carro congelado, vai que dá um choque térmico e quebra o vidro ou coisa parecida!

E no caso do seu carro ficar debaixo de neve mesmo, use a pá para tirar a neve dos vidros.

 

No volante

O segredo de dirigir na neve é: vá devagar e com cuidado extra. A neve deixa escorregadio com o gelo e escorregadio quando o gelo tá derretendo. O gelo vai se formando com o derretimento da neve por causa dos motores dos carros e o frio da temperatura. Sim, fica bem duro e impossível de tirar com uma pá (eu tentei).

Quando você parar na esquina, lembre-se que o seu carro está derretendo o gelo e que vai estar mais escorregadio na hora que você for sair, então tome cuidado.

Em algumas ruas, a neve vai tampar as faixas e você não vai saber exatamente se tá no lugar certo. Siga a multidão, faça o que os outros carros estão fazendo, veja como está a marca dos pneus no asfalto.

Leia o livrinho para tirar carta de motorista no seu estado, porque deve haver especificações sobre neve. Por exemplo, quando neva, a prefeitura tem que limpar as ruas e isso quer dizer vir com um trambolho tirar a neve do caminho e um carro estacionado no lugar errado pode ferrar tudo. Em Wisconsin, você tem que saber em qual lado da rua pode-se estacionar quando neva, pois o outro lado é pra máquina passar. E, claro, se estacionar no lugar errado, leva multa.

Na hora de brecar na neve, não dá para fazer parada total, tem que ser uma brecada aos pouquinhos, repetidas vezes. Treine isso antes da neve chegar. Ande e tente parar o carro apertando o pedal do breque várias vezes de levinho, e não apertando de uma vez. Tipo, dois apertos por segundo. Se você pisar total no breque, você vai escorregar e perder o controle. Mas, calma, talvez você não precise nada disso, talvez o seu carro já venha acoplado com um breque especial que sente quando você está brecando na neve. Pergunte isso para a sua host family. Caso você tenha esse breque, o carro irá automaticamente fazer as repetições e você só precisa pisar normal (talvez o carro faça algum barulhinho nessa hora).

Enfim, dirija com extra atenção e tenha cuidado especial nas curvas. Vá bem mais devagar antes da curva, pois você pode escorregar e o carro não responder ao seu volante quando você virar. Não tenha medo ou vergonha de ir igual uma tartaruga, ande na velocidade que você se sentir confortável, assim como você respondeu no seu application.

O inverno chegou e você não sabe se vai sobreviver? Calma, vai dar tudo certo. Seja você quem continua no frio do ar condicionado em Miami ou quem tá na neve de Nova Iorque, o negócio é hidratar. Vou indicar alguns produtos aqui que são bons e baratos e facilmente encontrados no Target ou no Walgreens (brincadeira, podem ser encontrados em todos os hipermercados e farmácias, é que esses são meus prediletos).

Lábios

Acho que os lábios são os primeiros e os que mais sofrem nesse primeiro inverno americano. E aquele batom de manteiga de cacau que você usa todo dia antes de dormir não está funcionando, né? Bom, é que esse batom é do Brasil e com certeza é mais leve. Tá na hora de comprar um protetor para o inverno daqui.

Para a emergência ou para as desesperadas, eu recomendo o Vaseline Lip Therapy. Ele é um potinho da marca que a gente conhece Vasenol, que cabe na palma da mão. Ele vem com petroleum jelly especialmente para os lábios. É de consistência bem grossa e dá aquela proteção extra para o inverno rigoroso de neve. Hoje ele tá saindo por $1,79.

Caso você não goste do jeito pastoso demais deste produto, aposte no lip balm da Nivea. Indico o Nivea Lip Care A Kiss of Recovery Medicated Lip Repair SPF 15. Só o nome já deixa a gente tranquila tamanho cuidado! Ele é uma ótima opção pois além de ajudar a hidratar e “sarar” os lábios no inverno, ele tem filtro solar 15 sendo perfeito para usar no verão. Um amigo para o ano todo!

vaseline             nivea

Rosto

Falar sobre hidratação do rosto é complicado. Cada uma tem uma pele diferente e eu não sou nenhuma médica-dermatologista… Mas vou falar o que eu faço, quem sabe funciona com você. Bom, meus lábios estão bem maltratados agora no inverno, então eu uso um lip balm muito bom (que vem no kit VIP da United Airlines) durante todo o dia e passo um bom bocado do Revew Clinical Derma-full Lip Volumizer, da Avon (que eu trouxe do Brasil), que eu não vivo mais sem. Mas até a pele ao redor dos lábios tá bem desidratada e descamando. Então, após fazer a limpeza da pele, eu uso Bio-Oil, que, como o nome já diz, é um óleo de vitaminas. Ele é indicado para cicatrizes e clareamento, ou seja, além de hidratar minha pele, ajuda a melhorá-la. Um frasquinho dele custa cerca de $10.

Bio-oil

Mas quando o negócio tá muito feio, eu apelo para o skin protectant (só para não chamar de pomada para assadura de bebê). Desde que fiz minha tatuagem em 2011, eu descobri as maravilhas dos produtos para assaduras de bebê (para quem não sabe, usa-se Bepantol para proteger e ajudar na cicatrização da tatuagem recém-feita) e aqui nos Estados Unidos fui atrás de alguns novos. Eu uso o A+D Original Ointment para hidratar a pele profundamente, é quase um petroleum jelly. Ao contrário do Hipoglós, o A+D é transparente, consistente e de fácil aplicação. Como o nome sugere, ele contém vitamina A, vitamina D e lanolina. Fiz uma pesquisa na internet e achei no Amazon.com por $2,39! Mas paguei bem mais do que isso no Walgreens.

Corpo

No inverno, você vai precisar sair do hidratante Natura que você tá usando, probably. No frio, é bom usar algo mais denso, algo que nem existe no Brasil (afinal, lá não existe frio). A dica é: healing. Procure a palavra “healing” e você vai achar o hidratante que procura para o inverno. Os hidratantes healings recompõem a pele e aí é só procurar a sua marca preferida ou a embalagem que você mais for com a cara.

O hidratante que eu uso todo santo dia e acho ótimo é o Cocoa Butter Formula, da Palmer’s. Ele é produzido a partir do cacau, então tem um cheirinho de chocolate. Tem uma ótima consistência (denso, mas fácil de espalhar, é cremoso e gostoso de sentir). Vem num pote de 400ml, então é creme prum inverno todo.

cocoa palmers

Caso você não seja destas de usar creme de supermercado, ou até é, mas nos Estados Unidos tem a chance de usar um Victoria’s Secret, por exemplo, eu recomendo (e amo) o Luminous Body Butter, da Pink. É um creme mais pastoso e tem a fragrância Fresh & Clean que é a minha preferida (claro que você tem vários para escolher), mas, além de tudo, é brilhante! Eu amo hidratante iluminador!

Ah, lembre-se que body butter sempre vai ser mais denso que body lotion.

E tenha um bom inverno 🙂



  • Manu MG: Ei Paula ... que gracinha vc dizer isso !!! Obrigada viu !!! Eu estou gostando muito de falar com eles .. Eu tenho medo apenas da questão da aliment
  • Pawlinha: Oi, Manu! Obrigada pelo comentário. Bom, família de judeus tem lá seus pros, como os feriados e as festas, que geralmente são legais e você ganha
  • Manu MG: Ei Paula ... Tudo bem !! Estou negociando com uma família de Judeus que só come comida Kosher ! Você recomenda fechar com uma família assim ? Eu t