Aula de Au Pair 2

Archive for the ‘Freak atento’ Category

O inverno chegou e você não sabe se vai sobreviver? Calma, vai dar tudo certo. Seja você quem continua no frio do ar condicionado em Miami ou quem tá na neve de Nova Iorque, o negócio é hidratar. Vou indicar alguns produtos aqui que são bons e baratos e facilmente encontrados no Target ou no Walgreens (brincadeira, podem ser encontrados em todos os hipermercados e farmácias, é que esses são meus prediletos).

Lábios

Acho que os lábios são os primeiros e os que mais sofrem nesse primeiro inverno americano. E aquele batom de manteiga de cacau que você usa todo dia antes de dormir não está funcionando, né? Bom, é que esse batom é do Brasil e com certeza é mais leve. Tá na hora de comprar um protetor para o inverno daqui.

Para a emergência ou para as desesperadas, eu recomendo o Vaseline Lip Therapy. Ele é um potinho da marca que a gente conhece Vasenol, que cabe na palma da mão. Ele vem com petroleum jelly especialmente para os lábios. É de consistência bem grossa e dá aquela proteção extra para o inverno rigoroso de neve. Hoje ele tá saindo por $1,79.

Caso você não goste do jeito pastoso demais deste produto, aposte no lip balm da Nivea. Indico o Nivea Lip Care A Kiss of Recovery Medicated Lip Repair SPF 15. Só o nome já deixa a gente tranquila tamanho cuidado! Ele é uma ótima opção pois além de ajudar a hidratar e “sarar” os lábios no inverno, ele tem filtro solar 15 sendo perfeito para usar no verão. Um amigo para o ano todo!

vaseline             nivea

Rosto

Falar sobre hidratação do rosto é complicado. Cada uma tem uma pele diferente e eu não sou nenhuma médica-dermatologista… Mas vou falar o que eu faço, quem sabe funciona com você. Bom, meus lábios estão bem maltratados agora no inverno, então eu uso um lip balm muito bom (que vem no kit VIP da United Airlines) durante todo o dia e passo um bom bocado do Revew Clinical Derma-full Lip Volumizer, da Avon (que eu trouxe do Brasil), que eu não vivo mais sem. Mas até a pele ao redor dos lábios tá bem desidratada e descamando. Então, após fazer a limpeza da pele, eu uso Bio-Oil, que, como o nome já diz, é um óleo de vitaminas. Ele é indicado para cicatrizes e clareamento, ou seja, além de hidratar minha pele, ajuda a melhorá-la. Um frasquinho dele custa cerca de $10.

Bio-oil

Mas quando o negócio tá muito feio, eu apelo para o skin protectant (só para não chamar de pomada para assadura de bebê). Desde que fiz minha tatuagem em 2011, eu descobri as maravilhas dos produtos para assaduras de bebê (para quem não sabe, usa-se Bepantol para proteger e ajudar na cicatrização da tatuagem recém-feita) e aqui nos Estados Unidos fui atrás de alguns novos. Eu uso o A+D Original Ointment para hidratar a pele profundamente, é quase um petroleum jelly. Ao contrário do Hipoglós, o A+D é transparente, consistente e de fácil aplicação. Como o nome sugere, ele contém vitamina A, vitamina D e lanolina. Fiz uma pesquisa na internet e achei no Amazon.com por $2,39! Mas paguei bem mais do que isso no Walgreens.

Corpo

No inverno, você vai precisar sair do hidratante Natura que você tá usando, probably. No frio, é bom usar algo mais denso, algo que nem existe no Brasil (afinal, lá não existe frio). A dica é: healing. Procure a palavra “healing” e você vai achar o hidratante que procura para o inverno. Os hidratantes healings recompõem a pele e aí é só procurar a sua marca preferida ou a embalagem que você mais for com a cara.

O hidratante que eu uso todo santo dia e acho ótimo é o Cocoa Butter Formula, da Palmer’s. Ele é produzido a partir do cacau, então tem um cheirinho de chocolate. Tem uma ótima consistência (denso, mas fácil de espalhar, é cremoso e gostoso de sentir). Vem num pote de 400ml, então é creme prum inverno todo.

cocoa palmers

Caso você não seja destas de usar creme de supermercado, ou até é, mas nos Estados Unidos tem a chance de usar um Victoria’s Secret, por exemplo, eu recomendo (e amo) o Luminous Body Butter, da Pink. É um creme mais pastoso e tem a fragrância Fresh & Clean que é a minha preferida (claro que você tem vários para escolher), mas, além de tudo, é brilhante! Eu amo hidratante iluminador!

Ah, lembre-se que body butter sempre vai ser mais denso que body lotion.

E tenha um bom inverno 🙂

Nao sei como eh na sua “casa” aih, mas aqui na minha host family, todo mundo usa vaselina, como se fosse “magico”. Usam para picada de pernilongo, para assadura, para roxo na perna, para queimadura, para hidratar a pele… E no Brasil a gente soh usa pr”aquilo”.

E ca estou eu morando no Texas, terra quentinha (em comparacao com o norte do pais, ne), no aconchego do meu ar condicionado… quando minha mao fica branca, enrugada, descascada! Minha mao direita queimou! de frio, agora ta marronzinha de “to sarando”, igual quando voce cai e fica com o joelho com casca, sabe. Como assim? Pois eh, a pele sofre mesmo. Eu vi um blog de uma au pair em Nova Iorque que ficou com as maos descascando, rachadas de sair sangue e a pele toda ressecada, nem oleo dO Boticario tava funcionando. Entao a minha dica eh: use vaselina.

A vaselina eh transparente, entao da pra passar o tempo todo nas extremidades mais afetadas – no meu caso, as maos. Primeiro, va sempre de hidratante, e onde nao estiver funcionando, apele para a vaselina.

Outra dica que eu dou eh: evite agua quente. Eu sei que eh super dificil nao querer tomar um banho fervendo vendo neve la fora, mas agua quente resseca a pele, e nesse tempo, pode queimar a pele como eu queimei a minha mao. Tome banhos mornos e, na medida do possivel, nao use a agua quente da torneira. Agua gelada eh a melhor opcao, para qualquer epoca, mas no inverno, ninguem merece, ne.

No meu banheiro tem banheira. Tem um monte de shampoozinhos, condicionadorezinhos (da Disney, benhe), bubble bath e um litro de enxaguante bucal. Mas nao tem esponja.

Aih eu pedi pro meu host father uma esponja pro meu banheiro e ele fez a seguinte pergunta: “Esponja pra que?” hahahaha Comico isso. Aih eu disse que era pra eu tomar banho, oras! O.0

Eles nao usam esponja pra tomar banho. Daquelas espuminhas amarelinhas que a gente usa no Brasil, eu nunca vi parecida. O meu host father falou que eh mais higienico tomar banho de toalha – mas eu nao acho, nao. Eu tomei banho de toalhinha um dia, mas achei uma merda. Nao esfrega e eh claro que a toalha fica pesada. Aih eu fui atras de uma esponja no shopping. Enfim, achei uma daquelas redinhas que a Lux vendia/vende (e ficou na moda por um tempo), e paguei 6 dolares, um absurdo! Na Victoria’s Secrets, eu achei por 5,50, e no Target, por 1,50. Mas soh achei dessas de redinhas mesmo.

Ao contrario do Brasil, os Estados Unidos tem muitos judeus. Muitos mesmo. Entao tem uma certa probabilidade de voce cair exatamente na casa de um deles. Como eu.

Eu nao sabia nada da cultura dos judeus, nem sabia que eles tinham essa tal dieta kosher. A minha familia me explicou (quando eu ainda estava no Brasil) que a dieta kosher nao mistura carne com leite (nada de strogonoff, meninas, ou como disse minha prima “nao va pedir hamburguer e milk shake”) e nao come certos tipos de carne, como o de porco, por exemplo (nao temos aqui o tradicional ovos com bacon no cafe da manha).

Mas eh muito mais do que isso.

Eles tem a sua propria comida kosher. Nao basta comer pao sem porco, tem que ser pao kosher. Nao basta comer arroz sem camarao, tem que ser arroz kosher. Nas embalagens aqui, tem um simbolo (sao varios tipos de simbolos, mas os mais comuns sao a bolinha com um U no meio e o simbolo K) indicando que aquela comida eh kosher. O Doritos aqui tem o simbolo kosher. Se nao tem o simbolo, eles ficam meio cabreiros de comprar (tipo, ficam com o pe atras). Tem supermercados que tem secao (esse c tem cedilha) kosher. Da pra comprar de tudo, nao se preocupe.



  • Manu MG: Ei Paula ... que gracinha vc dizer isso !!! Obrigada viu !!! Eu estou gostando muito de falar com eles .. Eu tenho medo apenas da questão da aliment
  • Pawlinha: Oi, Manu! Obrigada pelo comentário. Bom, família de judeus tem lá seus pros, como os feriados e as festas, que geralmente são legais e você ganha
  • Manu MG: Ei Paula ... Tudo bem !! Estou negociando com uma família de Judeus que só come comida Kosher ! Você recomenda fechar com uma família assim ? Eu t